ATITUDES QUE POTENCIALIZAM O EMPREENDEDORISMO

Fonte: Liderança Blog (http://www.lideranca.blog.br/6-dicas-de-sucesso-profissional-e-para-sua-vida-pessoal/).

Todos os anos, incontáveis empreendedores novos surgem, começando seus projetos e negócios. São diversos motivos que levam alguém a empreender – sair de um emprego que já não satisfaz, dar vida às ideias guardadas na gaveta, buscar a realização profissional – e são poucos os novos empreendedores que conseguem administrar sua empresa, principalmente no período de maturação do negócio: os primeiros cinco primeiros anos de atuação no mercado.

A sustentação de um negócio não se restringe a captação de verba, conexões e venda, muito embora todos esses fatores sejam importantes. Anterior a tudo isso, podemos entender a atitude do empreendedor diante do mercado o fator mais determinante e com maior influência no desempenho empresarial. Um olhar diferente em meio aos problemas aparentemente insolúveis pode fazer toda a diferença para o negócio.

Iniciativa

É de extrema importância perceber e aproveitar as oportunidades que aparecem em seu caminho; e, ainda mais efetivo, é aprender a viabilizar oportunidades. Deve-se expandir o olhar para tentar prever situações e desdobramentos, como uma possível parceria profissional, tendo assim vantagem quanto aos outros no mercado.

Ter objetivos bem definidos

Para poder atingir o nível de crescimento e influência esperados, é preciso traçar metas e objetivos que determinem o caminho a ser seguido. Quanto mais detalhes o planejamento estratégico tiver, mais eficiente será a força de trabalho, pois todos estarão despendendo energia e foco no direcionamento correto.

Ser líder

Ter a postura de líder é saber gerenciar seus colaboradores, observando seus pontos fortes e seus pontos de melhoria e tê-los como profissionais capazes de auxiliar, e não somente executar. A troca constante de experiências e ideias enriquece e aproxima empreendedor e demais funcionários, melhorando, inclusive, o ambiente de trabalho.

Persistência

Por fim, enfrentar os momentos de dificuldade do negócio e persistir são fatores indispensáveis para um empreendedor. Entender que os obstáculos existem e que não serão permanentes, além de confiar e trabalhar em conjunto com os demais funcionários, pode fazer com que uma empresa sobreviva a crises como a que o Brasil passa atualmente. A motivação e o uso dos seus potenciais em períodos como este podem transformar a realidade de um negócio.